Press "Enter" to skip to content

MOMENTOS DE ORAÇÃO DIA 17

IRMÃOS E IRMÃS NA CRIAÇÃO

Refrão: Abre os olhos e contempla/ A bondade, a beleza/ Que em cada criatura/ Deus criou com tanto amor/ Com Francisco, alegremente,/ Canta e louva teu Senhor!

Acendimento da Luz pascal: Bendito sejais, ó Ressuscitado, luz eterna que renovais hoje e sempre a criação inteira.

1. Abertura

– Verdadeiramente ressurgiu Jesus, (bis)

Catemos aleluia! Resplandece a luz! (bis)

– Se amor por nós firme para sempre, (bis)

Sua fidelidade dura eternamente! (bis)

– Seu divino sopro, vida, redenção, (bis)

Vem recriar o mundo, nova criação! (bis)

– Glória ao Pai, ao Filho e ao Santo Espírito, (bis)

Glória à Trindade Santa, glória ao Deus bendito! (bis)

– Paz e bem, irmãs, Paz e bem, irmãos! (bis)

Com todo o universo a Deus louvação (bis)

2. Recordação da vida

D.: A reação de São Francisco ultrapassava de longe uma mera avaliação intelectual ou um cálculo econômico, porque, para ele, qualquer criatura era uma irmã, unida a ele por laços de carinho. Por isso, sentia-se chamado a cuidar de tudo o que existe. São Boaventura, seu discípulo, contava que ele, “enchendo-se de maior ternura ao considerar a origem comum de todas as coisas, dava a todas as criaturas – por mais desprezíveis que parecessem – o doce nome de irmãos e irmãs (cf. LS 11).

– Recordar as iniciativas feitas para cuidar da Casa Comum

3. Salmo 113 (112) – ODC

L.: Tal como acontece a uma pessoa quando se enamora por outra, a resposta de Francisco, sempre que olhava o sol, a lua ou os minúsculos animais, era cantar, envolvendo no seu louvor todas as outras criaturas (cf. LS 11).

1. Louvai, ó servos do Amor, louvai,

ao nome santo do Amor, cantai.

Agora e para sempre é celebrado,

desde o nascer ao pôr do sol louvado.

2. Sobre as nações domina o nosso Deus,

e sua glória vai além dos céus;

Ninguém igual a Deus que das alturas,

se inclina para olhar as criaturas.

3. Do chão levanta o fraco e desgraçado

e da miséria tira o rejeitado.

Com a nobreza iguala os excluídos,

torna a estéril mãe de muitos filhos.

4. Louvado seja Deus, o criador,

louvado seja o Libertador!

Louvado o Espírito que é só ternura

e de amor preenche as criaturas.

4. Palavra de Deus: 1Jo, 20-21

L.: Se alguém disser: “Amo a Deus, mas odiar seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama seu irmão a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê. Recebemos dele este mandamento: quem ama a Deus, ame também seu irmão.

D. O cuidado da natureza faz parte de um estilo de vida que implica capacidade de viver juntos e de comunhão. Jesus lembrou-nos que temos Deus como nosso Pai comum e que isto nos torna irmãos. O amor fraterno só pode ser gratuito, nunca pode ser uma paga a outrem pelo que realizou, nem um adiantamento pelo que esperamos venha a fazer. Por isso, é possível amar os inimigos. Esta mesma gratuidade leva-nos a amar e aceitar o vento, o sol ou as nuvens, embora não se submetam ao nosso controle. Assim podemos falar de uma fraternidade universal.

5. Pai nosso

6. Oração: Senhor Deus, Uno e Trino, comunidade estupenda de amor infinito, ensinai-nos a contemplar-Vos na beleza do universo, onde tudo nos fala de Vós. Despertai nosso louvor e nossa gratidão por cada ser que criastes. Dai-nos a graça de nos sentirmos intimamente unidos a tudo o que existe. Por Cristo nosso Senhor. Amém.

7. Compromisso: Que gesto eu posso começar a fazer para construir uma fraternidade universal? Sugestões: Começar a discussão sobre um desafio ecológico da comunidade ou do bairro que precisa ser encarado por todos e todas (Por enquanto, na quarentena: via redes sócias ou grupos digitais, em conversas dentro de casa).

8. Bênção: O Altíssimo e Sumo Bem, que nos faz uma grande fraternidade, nos conceda sua bênção generosa.

Canto

Louvado sejas, meu Senhor,/ Por todas tuas criaturas!

//Pelas estrelas, pela lua,/ que nos enchem de ternura,/ noite a dentro a namorar!//